Parte 2 de 4 do conto Acesso, você quer, você quer, você quer (A farra dos trigêmeos sociais)

De Rafa Lima

Três cadeiras, três revólveres verificados pelos trigêmeos sociais sobre a mesa de pano verde felpudo, duas mulheres dormem no sofá, uma seminua, outra envolta em sobretudo preto, as demais se mandaram, “são uns loucos!”, “você viu o que ele fez comigo?”, “um deles era bem sensível”, “sensível? Você chama isso de sensível?”, “aposto que vai ficar bem roxo”, “adorei conversar com ele, de verdade”, “detesto ficar marcada”, por sorte ou cansaço, algumas mulheres conseguem se livrar do domínio massivo dos homens, às vezes, sem perceber, “eu quero outro pai! Ai, não quero mais! Volta, amor, volta! Não agüento mais! Você me dá medo! Você me dá segurança! O seu desejo me espanta! Não quero mais viver sem você! Você não serve mais”, porra!, duas garrafas de uísque, uma de tequila, todas vazias, um balde de gelo em estado já líquido, música no ar, seqüência programada por DJ esquizofrênico que mistura referências dos três irmãos, Beatles, Wagner, Eminem, Caetano Veloso, The Strokes, Zeca Pagodinho, Pink Floyd, Amy Winehouse, Los Hermanos, Frank Sinatra, Rage Against The Machine, Beethoven, Ivete Sangalo, Ennio Morricone, Racionais MCs, Paulinho da Viola, Nação Zumbi, Snoop Dogg, Johnny Cash, MC Catra, Ramones, Tim Maia e mais e mais e mais, cubo mágico de sabores para a mente, pragmatismo democrático para o evento de violência transcendental de volta hoje ao apartamento de Teodoro Armstrong na Avenida Delfim Moreira, no Leblon, onde o inverno é aquela baboseira toda, “a vista é bem melhor do que nas casas de vocês, vamos falar sério!”, “vá se foder, riquinho escroto!”, “chega de brigas, vamos começar!”, bêbados, explosivos, carentes de sabe-se lá o quê!
“Acesso, você quer! Pela ordem, irmãos-excelências!”.
“Como é irônico chamar um fudidaço semi-analfabeto como o José de excelência”.
“Calado, cão fascista!”.
“Hum, já aprendemos o que é fascismo”.
“Parem com isso! Não percam o foco!”.
“Não somos seus atores, Ramiro, pare de dirigir a cena”.
“Idiota, sou músico, não diretor, uma coisa não tem nada a ver com a outra”.
“São todos artistas! Não faz diferença”.
“Artista é o meu caralho!”.
“Palmas para o maior autor de jingles para partidos políticos do Brasil”.
“Vá se foder!”.
“Calma, vocês dois!”.
“Não se mete, José”.
“Não maltrate o seu irmão mais pobre, Ramiro”.
“A paciência acabou, Teodoro! Segura a onda senão o tempo vai fechar”.
“Vem”.
Surpresa!, José, mão firme, movimento rápido, arma contra a cabeça, plec, nada!, olhares estupefatos diante dele.
“Acesso, você quer! Pela ordem, irmãos excelências bichonas!”.
O silêncio concorda com o mar.
“Comecei”.
“Estava na minha vez, José. Além disso, era para dizer a frase antes de apertar o gatilho”.
“Perdeu, playboy! Esse é o meu jeito, Ramiro”.
Teodoro reprime o espanto, Ramiro se questiona quieto, José só encara.
“Será que agora seguimos na moral?”.
Teodoro e Ramiro se intimidam pela primeira vez com o irmão marginalizado cuja existência ao contrário das dos outros dois foi marcada pela falta de oportunidades de acesso.
“Acesso, você quer! Pela ordem, irmãos-excelências!”.
Ramiro, arma, cabeça, plec!, nada!
“Acesso, você quer! Pela ordem, irmãos-excelências! Que babaquice esse protocolo!”.
Teodoro, arma, sorriso, plec!, “já disse que vou vencer essa parada”.

Continua já, já...


------------------------- // ------------------------------


Cinemateca do Rafa (3)

- Assassinos por natureza (Natural Born killers)
Direção – Oliver Stone (1994)
História – Quentin Tarantino

O casal romântico de assassinos em série Mickey e Mallory Knox, interpretados por Woody Harrelson e a Juliette Lewis, sing, honey, sing, é envolvente até a medula, o jogo cênico que beira a esquizofrenia ou a psicose dos personagens de Robert Downey Jr., Tommy Lee Jones e Tom Sizemore é pura nitroglicerina sensorial, a trilha sonora é do caralho, do caralho mesmo!, mas o que dá tesão para valer é a linguagem frenética, videoclipada, entra urso polar da Coca-cola, colorida, escarrada, sitcomizada, som de risadas!, alucinógena, épica (adjetivada ao extremo), som de dois disparos, com que os roteiristas David Veloz, Richard Rutowski e o próprio Oliver Stone contam a história de amor de duas pessoas muito egoístas e sem perspectivas além da de devorar a carne alheia.

- Zelig
Direção – Woody Allen

Imagine um documentário sobre um personagem fictício cuja principal característica é ser um adesista, à semelhança de um camaleão, alguém que se torna aquilo que o meio exige para que o indivíduo não se destaque dos outros em hipótese alguma, alguém com poderes sobrehumanos para se tornar parte dos contextos sociais sejam quais forem, alguém que se tornaria objeto de estudo para os maiores psiquiatras e neurologistas. Imaginou? Foi mal, mas não chega nem perto da obra-prima com que o magricelo brindou o mundo depois de três anos investindo nessa criação! Tudo com uma ironia muito bem temperada, em preto e branco, com um jazzinhos show do bola agitando toda a parada. Que linguagem é essa com que falo com você? Estou, qual Zelig, adaptando-me à Internet! Tc de onde? Kdvc? Como vc tá vestida?, ho, ho, ho, hi, hi, hi, ha, ha, ha, ;)


------------------------- // ------------------------------


Futebolé (3)

- Se o Flamengo não ganhar o campeonato carioca de 2009 não vai ter jeito, o senhor Ótico, Cuca Ótico, treinador da urubuzada, vai se converter ao Islamismo e adotar o nome Ganhanada Khomeningem!
- Por falar em falta de sorte, será que depois de contratar o Leandro Amaral de novo o Fluminense também pensa em investir em Odvan para cuidar do tornozelo do atacante sortudo como o Rubinho Barrichello?
- O pessoal tem cantado em São Paulo: “Ei, você ai, avisa pro Ronaldo que o Acosta é travesti”.
- O Vasco já assusta em 2009, se não conseguir montar um bom time, com as chegadas de Léo Lima e Carlos Alberto já dá para pensar em formar um grupo de pagode. A mulherada vai voltar a gostar do Vasco! Mesmo assim, o sentimento não pode parar!
- Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Beckham, Inzaghi e Alexandre Pato seriam os Rossonerostreet boys no Milan?
- Se em 2009 o São Paulo for campeão brasileiro de futebol de novo, um piloto brasileiro for vice na Fórmula-1 de novo, um ginasta começar a chorar desesperado porque caiu de novo e um queniano for o vencedor da corrida de São Silvestre de novo, eu vou me especializar em sumô ou em pesca submarina em 2010!


Reprise

Sim, o Vasco caiu, mas quem estava meio morto, meio adormecido, anestesiado ao extremo, agora vai despertar na porrada, voltar a ser grande de maneira épica.
Desde que eu comecei a acompanhar futebol, molecote curioso, em 1987, nenhum outro clube carioca conquistou tantos títulos quanto o Vasco, portanto não me venham encher o saco!, 1 libertadores (1998), 3 brasileiros (1989), Sorato pra cima do São Paulo no Morumbi, Sorato, Sorato! (1997), Edmundo, assassino de urubu, naquele ano foram várias goleadas pra cima deles (2000), Romário, Juninho Pernambucano, Juninho Paulista e companhia, 1 Mercosul (2000) na maior virada da história de qualquer partida final, contra o Palmeiras no Parque Antártica, perdendo o primeiro tempo de 3x0 virou para 4x3 no segundo, 7 cariocas (1987-1988), os flamenguistas lembram do Cocada?, o lateral que entrou aos 42 minutos do segundo tempo quando estava 0x0, fez um golaço aos 44, arrumou confusão e foi expulso aos 45!, o tricampeonato (1992-1993-1994), tri, tri, o Vasco é tri, tererê, (também 1998/2003), 1 Rio-São Paulo (1999), então quem quiser tentar diminuir a grandeza desse clube, mutilado na era Jabba the eurico, pense duas vezes!

O sentimento não pode parar!



------------------------- // ------------------------------


Atlas Punk (1)

- Contra o massacre da população palestina por parte de Israel! Contra qualquer forma de xenofobia e de crime contra a humanidade! Chega de Rambos, Bushes, Saddams e Bin Ladens! Só existem porque centenas de babacas sem vontade própria ficam lhes lambendo os sacos.
- Por falar em Rambo, Silvester Stallone em visita recente ao Brasil estava a cara da Mrs. Doubtfire de Robin Willians em Uma babá quase perfeita!
- De olho nas novas administrações municipais!, ok?, em quem você votou mesmo?
- Obamis nas Alturis, será que o pessoal nesse planeta não se cansa de eleger novos messias? É simbólico e bonito para humanidade que um presidente negro seja eleito em um cenário de tanta intolerância, mas a herança do novo mandachuva americano é a mais maldita que uma nova equipe de governo já recebeu em décadas!
- A Rússia não quer mais permitir o fornecimento de gás para a Europa? Desse jeito vão invadir a Chechênia deles!
- Quem quer brincar de Conselho de Segurança da ONU? Basta sentar e chorar.
- E essa crise? Daqui a pouco vão querer que a gente volte a ler livros!
(Sarcasmômetro no vermelho, desligar!).



------------------------- // ------------------------------


Aventura fantástica (2)

A Harmonia do Pentagrama, as cinco classes dos magos da Terra do Povo


O Ritual Orgíaco de Criação Divina estabeleceu a reunião das benções da natureza, representadas pelos cinco magos e pelas cinco magas da Harmonia do Pentagrama. Os dez seres de mãos dadas que formavam o Círculo da Vida perceberam que o objetivo fora alcançado. Ao centro da figura geométrica criada pelo posicionamento dos corpos, uma minúscula partícula de luz se formou. A centelha desenvolvera um processo próprio de evolução e crescia com rapidez. Após momentos de espera, a pequenina luz havia se transformado em uma magnífica aurora boreal que já não cabia no Círculo da Vida e ultrapassava a barreira dos magos de mãos dadas, envolvendo-os em luz e erguendo-os no ar a poucos centímetros do solo. Uma fenomenal explosão de luzes e de cores se sucedeu, arremessando os magos ao chão e realizando uma breve tempestade de sementes de luz sobre a terra. A cerimônia estava completa. No momento em que os primeiros raios luminosos anunciaram a chegada do Sol, os dez magos presenciaram com júbilo o surgimento e o despertar dos primeiros nativos miscigenados. Diante dos representantes da Harmonia do Pentagrama, encontrava-se uma bela mulher grávida nua de cabelos negros lisos, de olhos faiscantes e de pele azulada que segurava em seu colo uma criança recém-nascida. Ao seu lado, cinco crianças desnudas semelhantes a ela brincavam como se a vida não lhes fosse uma novidade. Os astros haviam decidido que os nativos miscigenados governariam a Terra do Povo. Os magos sorriram diante da deslumbrante visão divina em forma terrestre, o amanhecer da Grande Mãe e de seus herdeiros.
Gerações sucederam umas às outras por séculos. As primeiras comitivas ciganas chegaram à Terra do Povo e com o passar dos anos o povo nômade se tornou parte da paisagem da região...

Continua...

...Veja Simpsons, leia Nietzsche, ouça Beatles, faça amor, que 2009 seja felizmente fora do comum, volte sempre ao Fantástico mundo do Rafa! No war! ...

...Enquanto isso em Pessoinhas ...























10 comentários:

Alice disse...

Que material de primeira linha, Rafael! Tão bem misturado hahaha parece o setlist da farrinha dos trigêmeos psicopatas! Adorei os comentários sobre o mundo! Ótimo nome.

Anônimo disse...

Pessoinhas é muuuuuuito engraçado! Boa sorte!

Ingrid disse...

o conto dso trigêmeos me deixou bem ligada, espero ansiosamente pela próxima parte.

Gabriel disse...

Assassinos por natureza é um filme do caralhoooo, seu blog é muito bom! Gostei dos quadrinhos e do texto da roleta russa!

Browne disse...

... estreando, porém não tão insignificante e não menos importante, gostaria de ressaltar o breve resuminho de Assassinos por natureza... bem, a começar por srta. Lewis, o filme já começa interessante...baixarei e lhe mandarei sua cópia, ok?
Depois de assisti-lo voltarei para dar meu parecer ... kkkk
muito bom o flog viu rapaZ

Fernando disse...

Que beleza de produção, Rafael, o seu trabalho continua inventivo e inquieto como nos bons e velhos tempos. Você está cada vez melhor! Aliás, que papo é esse de de solteiro desejados do George Clooney, atacando a mulherada e menininhas por aí? Já vi que estou desatualizado, o casamento já era?

Daniela disse...

Seu louco, campanha Pulitzer 2025 para Rafa Lima, boa!

Anônimo disse...

Mais! Mais! Cadê a atualização da semana?

Vito Leal disse...

Cade as atualizacoes dessa semana? heheheh...queremos mais!

Alice disse...

Como pode, entro aqui toda semana, cadê a próxima parte? Beijos, Alice.